quarta-feira, 9 de março de 2011

"Muitos os ouvem, já que pelo menos apontam os males. A questão é se o remédio deles não é pior do que a doença. Se a alienação significar apenas que nosso relacionamento com as coisas está rompido, se a dominação da natureza ainda for vista como um objetivo, se os valores materiais ainda forem o alvo primário, e se o problema do pecado continuar a ser evitado, então as questões mais sérias permanecerão."

H. R. Rookmaaker, A ARTE NÃO PRECISA DE JUSTIFICATIVA, Ultimato, p. 21.

Um comentário: