segunda-feira, 24 de outubro de 2011

bunito

Estava eu morto em minha zona de conforto e de repente bateu um coração, que não era o meu. Luz e ar, os meus olhos doíam, meu corpo reclamava, tive que acostumar a viver e teria sido impossível tolerar toda aquela vida fluindo se fosse eu, mas agora já não sou mais eu que vivo, mas o Rei, e mesmo errando, mesmo sofrendo, é com Ele e para Ele que quero viver.


Edu Mendes (meu lindoso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário