quarta-feira, 1 de maio de 2013

Louvado seja o Senhor
que mais uma vez tirou-me o riso
Louvado seja o Senhor 
que em minha dor fez-me lembrar de sua promessa
Louvado seja o Senhor pois a luta não terminou
e a vitória é certa pois é sua e não minha

O amor vencerá a mentira
O amor vencerá o pranto
O amor curará as chagas
O amor persistirá contra toda a liquidez

Cega, surda e louca
profundamente ferida, de novo
Sei que estou em seus braços 
e deles jamais poderei escapar

Graças te dou por sua fidelidade
Graças te dou pois reconheço, Rei meu e Deus meu:
eu sou sua

Nenhum comentário:

Postar um comentário